logo_cabeçalho.jpg

Indicado para:

Lua_Uku_Cho_Pim.jpg

 

  • Crianças em fase escolar com dificuldades de aprendizagem (atenção, concentração, linguagem) e na interação social.

 

  • Idosos/as independentes e autônomos ou com comprometimentos relacionados ao envelhecimento – processo demencial ou Alzheimer

 

  • Pessoas com Transtorno do Espectro Autista

 

  • Pessoas com Deficiência/comprometimentos neurológicos – Síndrome de Down, Paralisia Cerebral, Mielomeningocele, com déficit no Desenvolvimento Neuropsicomotor, com sequelas de AVC e TCE (Acidente Vascular Cerebral e Traumatismo Crânioencefálico), dentre outras...

Atividades exercidas

São realizadas atividades e técnicas específicas para cada pessoa, que envolvam a música e a arte

como elementos principais na relação terapêutica. Para a aquisição de ritmos, melodias, canções,

expressões corporais e emocionais, são utilizadas atividades musicais lúdicas e dinâmicas, que estimulem

os processos cognitivos, a escuta de si e do outro. Assim como trocas de ideias musicais e verbais,

construção de repertório musical significativo e trilha sonora da vida, com uso de instrumentos musicais,

danças, interpretações, composições e criatividade!